ENQUETE: Você é a favor de porte de arma para advogados? – ENTRE E VOTE!

17 comentários em “ENQUETE: Você é a favor de porte de arma para advogados? – ENTRE E VOTE!

Adicione o seu

      1. O direito a legítima defesa é imprescindível. O advogado poder ter a faculdade de escolher os meios necessários para garantir sua integridade física e proporcionar sua defesa pessoal e de seus familiares não pode ser obstado pelo Estado que já garantiu tal direito a juízes e promotores. Se não há hierarquia entre os três atores da justiça nada mais justo que declarar o direito ao porte no Estatuto da Advocacia.

  1. Não acho que haja preparo para tal uma vez que muitos profissionais da área sequer estão preparados para portarem a carteira da OAB. Muitos nem mesmo sabem exercer a profissão com ética e respeito. Nós advogados somos seres humanos iguais aos demais não vejo motivo para diferenças e regalias.

    1. Para obter o porte de arma de fogo o cidadão deve dirigir-se a uma unidade da Polícia Federal munido de requerimento preenchido, além de apresentar os seguintes documentos e condições:

      (a) ter idade mínima de 25 anos;

      (b) cópias autenticadas ou original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência (Água, Luz, Telefone, DECLARAÇÃO com firma reconhecida do titular da conta ou do proprietário do imóvel, Certidão de Casamento ou de Comunhão Estável);

      (c) declaração escrita da efetiva necessidade, expondo fatos e circunstâncias que justifiquem o pedido, principalmente no tocante ao exercício de atividade profissional de risco ou de ameaça à sua integridade física (será desnecessário com a aprovação do PL 704/15);

      (d) comprovação de idoneidade, com a apresentação de certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pela Justiça Federal, Estadual (incluindo Juizados Especiais Criminais), Militar e Eleitoral e de não estar respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, que poderão ser fornecidas por meios eletrônicos; (…)

      Aprovação do PL 704/15 é questão de isonomia e uma prerrogativa para o advogado. Há inúmeros casos de advogados que sofreram atentados contra a vida e muitos que foram assassinados por decorrência ou no exercício da profissão. Poder escolher portar arma de fogo poderá ser uma prevenção para garantir o bem maior que é a vida do profissional!

  2. Eu apoio o porte para advogados! É uma forma de fazer justiça a nossa categoria em razão da isonomia entre juízes, advogados e promotores. No mais o porte de arma é o nosso direito a legítima defesa uma vez que o estado não cumpre de maneira satisfatória o quesito segurança pública. O direito ao porte não estara condicionado somente a aprovação na oab. É infantil acreditar nisso… a legislação exigirá exames , certidões de antecedentes além de outros requisitos ao ponto de que somente os efetivamente capacitados conseguirão obter o porte.

  3. O porte de arma, deveria ser liberado à todos os brasileiros que preencherem os requisitos, uma vez, que a maioria dos Brasileiros votou contra esse Estaburro do Desarmatrouxa…e não a uma ou outra categoria, pois todos temos direitos iguais, a segurança tem que ser cumprida assim como reza a Constituição Federal, uma vez que o Estado é falho em garantir a segurança, e em nenhuma chamada emergencial, chega com menos de 30 minutos… Também Temos o direito à defesa. E certamente permanecermos seguro até o socorro policial chegar…

  4. Sou a favor que todo cidadão tenha o direito de portaria armas mediante comprovação de capacidade técnica e psicológica, bem como prova de bons antecedentes.
    Quanto aos advogados, essa prerrogativa está atrasada mais de vinte e cinco anos.
    Direito não é dever. Quem não estiver apto, que não porte armas.

    Fabio Adriano Stürmer Kinsel
    Advogado

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: